Sobre a América Latina

33 Nações | População de 600 milhões | PIB de mais de $5 trilhões | PIB per capita $11,000

 

A América Latina e o Caribe (LAC) compreendem 33 nações de grande diferença em tamanho e população. Existem pequenas ilhas no mar do Caribe; relativamente pequenos países na América Central, da mesma forma que países imensos como o Brasil, o México e a Argentina. Todas as 33 nações formam a Comunidade dos Estados da América Latina e o Caribe (CELAC).

O continente que abriga as Américas do Sul e Central são ricos em recursos terrestres tais como as vastas extensões de terras de florestas e cultivadas; mais de 20% dos recursos mundiais de água doce; extensos recursos minerais incluindo carvão, minério de ferro, ouro, níquel, cobre, etc.; massivas reservas de óleo e gás natural.

A região da LAC combina um PIB maior de US$5 trilhões e um mercado massivo de cerca de 600 milhões de pessoas, com uma renda per capita em média de proventos acima de US$11,000 (2013).

A Índia reconhece o potencial que a América Latina e o Caribe possuem para negócios e para a segurança em energia para a Índia. A relação não é sobrecarregada com uma bagagem política. A Índia tem sido reconhecida pela Comunidade dos Estados da América Latida e do Caribe (CELAC), o qual compreende todas as 33 nações da região, como um poder global e um mercado para seus recursos de grande importância, assim como um importante parceiro e uma fonte de tecnologia e especialidade em empreendimentos de negócios.

O comércio da Índia com a região do LAC cresceu de apenas US$500 milhões em 1990 para US$46.67 bilhões em 2012-13. A exportação da Índia para a região cresceu de US$ 960 milhões em 2011-02 para US$ 15.17 bilhões em 2012-13.

Companhias Indianas investiram mais de US$ 16 bilhões na região do LAC em vários setores, incluindo óleo e gás; agronegócio, mineração; software e serviços; indústria farmacêutica, agroquímicos, energia renovável; automóveis; etc. Algumas das mais importantes empresas Indianas como os Tatas, Mahindra e Mahindra, Infosys, Torrent, Aurobindo Pharma, tem presença em mais de um país da região.

Empresas Latino-americanas começaram a procurar mercados além dos Estados Unidos da América e da Europa, para mercados emergentes como a Índia. Companhias da América Latina como Embraer, Gerdau, Perto (Brasil); Cinepolis (México); e AJE (Peru), tem uma presença significativa na Índia.